A idéia de construir o Museu surgiu da necessidade de expor a coleção de peças iniciada há mais de 30 anos por Luiz Henrique Fitarelli.
O acervo que iniciou com pequenos objetos pertencentes aos nonos, Tercílio Accorsi, ferreiro, e Pedro Fitarelli, tanoeiro e agricultor, hoje chegam há mais de 6.000 peças.
O Museu hoje já conta com ferraria, capela, casa com armazém, moinho, tanoaria, marcenaria, cantina, estrebaria, todas construções respeitam as técnicas construtivas e os materiais utilizados pelos imigrantes.
As peças usadas na reconstituição dos ambientes são originais, possibilitando o funcionamento de todos os segmentos do Museu.

*Quando pronto para visitação comunicaremos via site.